26 de jul de 2011

[Yale] As bibliotecas de Yale


Falar de todas as bibliotecas de Yale seria adorável, mas impossível. Na minha breve passagem por aqui, visitar todas essas bibliotecas é inviável. São 13 milhões de diferentes títulos de livros espalhados pelas mais  de 25 bibliotecas distribuídas pelo campus da Universidade. Algumas maiores, outras menores, mas todas atendem às necessidades dos estudantes, dos moradores de New Haven e dos visitantes.

Infelizmente, meu tempo livre é muito restrito e, por isso, não consegui (ainda) visitar o interior da belíssima Sterling Memorial Library, ou a Yale University Library (a biblioteca oficial de Yale), que parece mais uma catedral gótica (este estilo arquitetônico é o que predomina aqui, por escolha do próprio arquiteto, que se inspirou nos prédios de Oxford e Cambridge, na Inglaterra). Aliás, a vontade real do dono (sim, aqui funciona assim: prédios são construídos por milionários e doados para as universidades) da Sterling Memorial Library, era poder construir uma igreja. Por questões políticas e religiosas da época, isso tornou-se inviável e, assim, ele fez questão que a fachada e o interior da biblioteca lembrassem o máximo possível uma catedral. Quase louco, né? Rs! 



Mas para a alegria geral, consegui visitar o interior da moderníssima Beinecke Rare Book and Manuscript Library. O prédio é simplesmente monumental, por dentro e por fora. E a biblioteca é uma das mais importantes do país, onde são guardados manuscritos raríssimos e únicos e o primeiro livro impresso, por exemplo. 



É literalmente uma montanha de livros até o teto e, como é de se imaginar, o acesso a eles é restrito aos associados e, por motivos óbvios, os livros não podem ser retirados para empréstimo, é permitida apenas a consulta local, algumas vezes sob supervisão dos responsáveis. 



A sensação de estar num local como esse, é que nunca faltará livro para ninguém. E que assim seja! 

Beinecke Rare Book and Manuscript Library por fora e por dentro.


P.S: Para ver mais fotos, acesse o ÁLBUM.

Nenhum comentário :

Postar um comentário