15 de dez de 2011

Prêmio Tatu 2011 - O melhor TCC do ano da Universidade da Anhembi Morumbi

Foi com muita honra que aceitei o convite da Professora Maria José Rosolino e do Professor Whaner Endo para participar da sexta edição do Prêmio Tatu, que avalia os melhores trabalhos de conclusão de curso de Produção Editorial da Universidade Anhembi Morumbi.

O troféu

Flyer / convite
Além disso, o prêmio tem como objetivo gerar visibilidade aos alunos e suas produções, do curso de Produção Editorial, que completa 40 anos.

Os trabalhos foram avaliados sob o ponto de vista mercadológico e o júri era composto, além de mim, Talita Camargo, por: José Castilho Marques Neto, diretor presidente da Fundação Editora da UNESP; Ricardo Costa, editor do portal Publishnews, um dos principais canais de notícias e informações sobre o mercado editorial e livreiro; e Gerson Ramos, ex-diretor da Superpedido e atualmente consultor de negócios editoriais.

Os trabalhos avaliados foram dois:




Título: Compassos: a música na cabeça de São Paulo
Autores: Andréa Albuquerque, Carol Duran, Ivan Colucci, Max Oliveira, Mayara Facchini e Victor Mozzaquattro

Título: Os sete pecados e as sete virtudes na pós-modernidade
Autores: Drielly Galvão Salles, Elisa Gomes da Cunha Xavier, Julia Buchhorn Marques da Silva, Juliana Dário Battiston, Leandro Agibert Bernardo Barros e Lívia Mendonça Oliveira


Os projetos impressos



Os grupos tiveram cerca de  40 minutos para expor o plano editorial e os compostos de marketing que o acompanham. Após a realização das duas apresentações, o júri se reuniu e delibera o 1º e o 2º lugares, ouro e prata e os resultados fora, respectivamente: 






Equipe da Sentido Editorial, vencedora do Tatu de Ouro.

É importante ressaltar que ambos os projetos tinham excelente acabamento gráfico e brilhantes ideias multimídias, que faz parte do processo do curso de Produção Editorial da Universidade Anhembi Morumbi. Porém, do ponto de vista mercadológico, o Compassos: a música na cabeça de São Paulo foi muito mais coerente e realista, tanto em termos ideológicos, quanto nos custos apresentados. 

Momento da premiação
 Sob o meu ponto de vista, ambas as editoras criadas tiveram dois pontos negativos. 
O primeiro, foi que nenhuma as duas optou por trabalhar com a linguagem textual, mas sim, imagética. Ambos os projetos editoriais principais são livros de fotografia. E por mais que os alunos tenham estudado fotografia durante o curso e que a linguagem imagética tenha sido uma escolha pertinente aos peojetos, ainda assim, deixo um conselho para que eles tenham cuidado: o mercado editorial ainda gira em torno de textos. E, de preferência, de boa qualidade. 


Momento da premiação
 O segundo foi a falta de estrutura de um departamento comercial em ambas as empresas. Determinar que a distribuição dos livros será feita por uma distribuidora (vale destacar que ambos escolharam a Superpedido, só não sei exatamente se por falta de conhecimento sobre as outras várias distribuidoras existentes ou se por preferência mesmo); não exclui a responsabilidade da editora de ter um departamento comercial, que seja responsável pelas negociações. (Mas não culpo os grupos: o mercado editorial está esquecendo dos bons departamentos comerciais e farei um post a respeito disso em breve.)

Brinde dado ao juri: um kit digital!
 A experiência de participar desse júri, ao lado de grandes nomes referenciais no mercado editorial, foi muito gratificante. Mais uma vez, agradeço aos professores do curso de Produção Editorial, por quem tenho muito carinho, e aos colegas de mesa, que me respeitaram de igual para igual! 

Aos grupos participantes, meus parabéns! Vocês estão muito profissionalizados e o mercado editorial tem muito a ganhar com profissionais qualificados como vocês! Agora é correr atrás do mercado! E levar todos esses sonhos e vontade de fazer acontecer, para a prática da vida real! 

Sejam muito bem-vindos no Mundo  Editorial!


4 comentários :

  1. Oi, Talita.
    Mais uma vez, obrigado pela sua participação em um dos nossos eventos. Neste caso especial, compartilhando a sua expertise no mercado de livros, adquirida em uma carreira ainda breve (ainda mais se comparada com os demais integrantes da mesa) mas já muito profícua! 8-)
    Apenas um esclarecimento... Em relação à distribuição, os grupos sabem da importância do departamento comercial, tanto é que ele está presente no organograma das empresas.
    Talvez não tenha ficado claro, mas o curso de Produção Editorial tem como princípio mostrar aos alunos que o elo de distribuição é fundamental para o nosso negócio e a construção de um bom relacionamento entre as editora e o mercado livreiro é condição primordial para o sucesso de cada negócio.
    Fato é que ambos os grupos definem que a venda dos livros para as principais redes (key acconunts), como Liv. Cultura, Saraiva, Travessa, etc. será feita pela própria editora e, apenas para atingir as pequenas livrarias, nas mais diversas cidades do Brasil, eles utilizarão os serviços da Superpedido, já que são empresas iniciantes e com uma infraestrutura pequena para oferecer um atendimento de alto nível para uma grande quantidade de pontos de vendas.
    É claro que, didaticamente, foi importante incluir a figura do distribuidor, e não apenas das livrarias, no plano de negócios, mesmo sabendo que no Brasil, essa figura está em extinção... 8-)
    Saliento ainda que nenhum dos grupos fará venda direta através dos seus sites, mas direcionarão as vendas para sites parceiros (este ano, para o site da Livraria Cultura) reforçando a ideia de que o relacionamento editora-livraria é fundamental.

    Espero ter ajudado… 8-P

    Bjao,

    Whaner

    ResponderExcluir
  2. Oi Whaner! Ficou mto bem explicado sim! es! E li tudo isso no próprio projeto deles! De qq maneira, acho que o mercado como um todo está deixando os bons e velhos vendedores d elivros de lado. E isso é preocupante. Mas virá post em breve! :) Obrigada sempre, querido!

    ResponderExcluir
  3. Olá Talita e Whaner,

    Ambos meus alunos...Tô velha mesmo! Acho que as duas situações convivem harmoniosamente e apoio as colocações do professor Whaner mas sou fã de equipes de vendas também. Acho que elas são um super termômeto dos acontecimentos do mercado e uma excelente fonte de pesquisa.
    Agradeço as considerações da Talita sobre os trabalhos e fico feliz que o objetivo do prêmio Tatu tenha se concretizada.
    Abraços e boas festas!
    Mazé Rosolino

    ResponderExcluir
  4. Luciana Santos19/12/2011 13:27

    Além de gratificante, mais legal ainda é saber que agora estamos do outro lado da mesa!


    Bjones e parabéns a todos!
    Ah! o nosso premio está na minha estante, viu? rs

    ResponderExcluir