19 de mar de 2014

Penguin Random House Brasil adquire Editora Objetiva

Nota à imprensa divulgada pela Companhia das Letras na tarde desta quarta-feira (19/03):
 


PENGUIN RANDOM HOUSE BRASIL ADQUIRE EDITORA OBJETIVA

São Paulo, 19 de março de 2014

A Penguin Random House firmou acordo com o grupo editorial espanhol Santillana para adquirir todos os selos de interesse geral do grupo. O anúncio foi feito hoje em Madrid pelos CEOs Markus Dohle, da Penguin Random House, e Miguel Angel Cayuela, da Santillana. O acordo inclui os selos editoriais da Santillana da Espanha, Portugal, América de língua espanhola e Brasil.

Pelo acordo, a nova empresa Penguin Random House Brasil, que possui participação acionária na Companhia das Letras, adquire a totalidade do controle da Editora Objetiva, incluindo os selos Alfaguara, Suma, Fontanar, Ponto de Leitura e Foglio.

As atividades da Penguin Random House Brasil serão supervisionadas por Luiz Schwarcz, que continuará exercendo a função de Diretor Geral da Companhia das Letras. A Objetiva continuará a ser administrada pelo Diretor Geral Roberto Feith e sua equipe de colaboradores.

Para Luiz Schwarcz , “será uma honra para a Companhia das Letras fazer parte deste fantástico universo criativo que combina algumas das melhores editoras do mundo e um catálogo de autores sem rival. Será um tremendo privilégio e um prazer poder, em breve, colaborar com Roberto Feith e a excelente equipe da Objetiva. Ao unir as trajetórias bem sucedidas e os extraordinários autores das duas editoras, preservando a autonomia e a identidade editoriais dos seus selos, acredito que podemos aspirar à construção de um novo padrão para a nossa atividade no Brasil.”

Roberto Feith, Diretor Geral da Objetiva, comentou: “Para mim e toda a equipe da Objetiva será uma oportunidade única e uma satisfação imensa fazer parte de Penguin Random House, uma empresa editorial genuinamente global e extraordinariamente capacitada. Além disto, uma vez concretizada a operação, será um prazer trabalhar com o Luiz Schwarcz. Somos colegas e amigos há anos e já colaboramos em mais de um projeto. A Objetiva certamente vai se beneficiar de sua liderança experiente e do seu respeito pela nossa equipe e nossos programas editoriais”.

Markus Dohle, Diretor Geral da Penguin Random House disse em Madrid que “ficamos muito felizes que a primeira aquisição internacional de Penguin Random House seja o prestigioso grupo de selos de Interesse Geral de Santillana. A operação atende aos nossos dois principais objetivos estratégicos: fortalecer nosso compromisso com a publicação de livros em língua espanhola, incrementando nosso potencial comercial e literário em um dos mercados linguísticos mais dinâmicos do mundo, e estabelecer uma forte presença no Brasil. Vamos nos inspirar e trabalhar a partir das grandes tradições de Penguin Random House, Santillana, Companhia das Letras e Objetiva, e a criatividade e dedicação de suas equipes tremendamente talentosas.”

A operação de aquisição da Santillana somente se concretizará após finalizados os requisitos jurídicos e administrativos pertinentes.

Penguin Random House nasceu em 1º de julho de 2013, após celebração de acordo entre os grupos Berteslmann e Pearson. Bertelsmann é proprietária de 53% da nova empresa, e Pearson de 47% .


Mariana Figueiredo
Departamento de Divulgação
+55 (11) 3707-3500 ramal 3596
image001
Rua Bandeira Paulista, 702 / 7º andar - Itaim
04.532-002 - São Paulo / SP

Nenhum comentário :

Postar um comentário