25 de mar de 2015

Editoras se solidarizam ao Grupo Editorial Record após incêndio que atingiu seu edifício-sede na manhã desta quarta-feira (25/03)

A quarta-feira (25/03) começou mais triste para o mercado editorial, que recebeu a notícia de um incêndio na sede do Grupo Editorial Record, um dos maiores do país, localizada em São Cristóvão, no Rio de Janeiro.



Não houve feridos (ainda bem!!). O incêndio teve início por volta das 6h e foi controlado pelas Equipes do Corpo de Bombeiros por volta das 8h. Ainda não há informações sobre as causas do fogo.

Em pouco tempo, a mobilização em prol da solidariedade tomou conta das redes sociais, não só dos amantes dos livros e fãs dos selos dos Grupo (atualmente são 12); mas das outras editoras brasileiras, que manifestaram seu pesar por um acontecimento tão triste como este.

Companhia das Letras, Objetiva, Zahar, Suma das Letras e Intrínseca são algumas das editoras que deixaram a concorrência de lado e demonstraram publicamente o carinho pela Record, que faz parte da história do livro e enriquece o nosso país com tantas publicações desde 1940.



O Grupo Editorial Record postou em sua conta no Twitter uma mensagem de agradecimento ao carinho recebido por todos.

Não precisa agradecer não, Record. No fim, somos todos um pedacinho de vocês; #somostodosrecord. :)

Agora é torcer para que os danos não tenham sido muito grandes e que a vida volte ao normal o quanto antes!




Um comentário :