6 de abr de 2015

Ilustrador especializado em terror, Felipe Campos apresenta caderno com ilustrações de monstros saídos de pesadelos no site Catarse

O projeto O pequeno caderno de pesadelos começou com a ideia de que devemos ter papel e lápis ao nosso lado na hora de dormir para anotarmos nossos sonhos. A publicação será um fanzine de imagens em preto e branco, desenhos de monstros dos mais variados tipos, um em cada página, como um bestiário de bolso que possibilita o leitor criar histórias baseadas nas ilustrações. É o resultado de anos de pesquisa em criptozoologia, literatura e ilustrações de terror. 

Felipe Campos é ilustrador e escritor com trabalho voltado para produção infantil, graduado em Gravura e especialista em literatura infantil e juvenil, ambos os cursos ministrados pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Pesquisa monstros assustadores e elementos de terror em literatura e ilustração para crianças, tendo como principais referências contos de fadas, lendas, estudos sobre o medo, as estéticas dos filmes dirigidos por Tim Burton e Guillermo del Toro, livros de Neil Gaiman e Dave Mckean e o trabalho da artista Mary Blair. Ilustrou vários livros didáticos e literários e constantemente faz exposições dos trabalhos em livrarias e bibliotecas do Rio de Janeiro. É um dos organizadores dos encontros de autores de medo e terror no Rio de Janeiro, que acontecem no Castelinho do Flamengo.

Seus trabalhos mais representativos como ilustrador são Tem um Juve no meu lustre (Duna Dueto editora), Os monstros são um povo engraçado (Duna Dueto editora) e Excursão ao Parque do Terror (MAR DE IDEIAS Navegação Cultural).



Nenhum comentário :

Postar um comentário