18 de mai de 2009

O Google dos sebos brasileiros!

Eu confesso: eu não conhecia! Pode parecer estranho alguém que se diz viciada no meio literário não conhecer um site desses, mas faz pouco menos de uma semana que soube da existência da Estante Virtual. E acredito que muita gente também não deve conhecer, então, aí vai uma breve explicação desse site, que pode ser muito útil aos amantes dos livros e, principalmente, aos adoradores dos sebos.

Segundo a explicação do próprio site, A Estante Virtual é “um portal criado para revolucionar a comercialização de livros usados pela internet, colocando todos os recursos que a tecnologia é capaz de oferecer a serviço da comunidade de livreiros e do público amante dos livros.” Com o slogan de “centralizar em um só lugar, em uma só ‘estante’, várias estantes”, o portal proporciona uma oportunidade única de um sistema de busca que consulte os acervos de até centenas de sebos, livreiros e internautas ao mesmo tempo.

No site, é possível viajar por todos os sebos do país, entrando e saindo deles, sem ao menos arredar o pé da frente do computador. E, por mais que seja delicioso perder-se entre os corredores empoeirados repletos de livros antigos, sejamos realistas: é uma comodidade poder encontrar o livro perdido pelo preço mais barato, tudo isso online!

É a versão alternativa online das grandes livrarias que dominam o mercado. É inegável que o portal representa uma ferramenta de comércio eletrônico bastante valiosa neste mercado livreiro tão fechado. E, principalmente, é uma excelente alternativa aos preços elevados das edições novas. Afinal, um livro não perde seu valor e nem muda seu conteúdo pelo tempo de existência ou pela quantidade de donos que já possuiu.

Os números não mentem!

Segundo informação publicada no Publishnews de 04/05/2009, o site Estante Virtual atingiu duas marcas impressionantes semana passada: chegou aos 500 mil usuários cadastrados e 5 mil cidades diferentes atendidas.

Apenas por curiosidade... o leitor número 500 mil é de Ji-Paraná, em Rondônia. A cidade cinco mil é Cacimba de Areia, um vilarejo de apenas três mil habitantes e nenhuma livraria na Paraíba. A moradora de Cacimba da Areia, Eliana Xavier, diz que compra livros numa cidade vizinha.

Nenhum comentário :

Postar um comentário