18 de ago de 2010

[Bienal do Livro] Blogueiros também são gente!

Sábado, 14 de agosto de 2010 e sejam muito bem-vindos a um formigueiro de leitores vorazes chamado Bienal do Livro! Uau! Eu não me lembro, em quase 25 anos participando deste evento, de vê-lo TÃO cheio! Estacionamentos lotados, filas intermináveis para banheiro, alimentação, bebida... Autógrafos aqui e "AHHH"; brindes ali e "EU QUEROOO!"; performances do outro lado e "CORRE, NÃO PODEMOS PERDER!"... Oficialmente, sábado passado foi o maior público de uma Bienal do Livro desde sua existência. Incrível, né??
Será que foi o frio congelante de São Paulo? Será que foi o atrativo do ingresso barato + transporte quase gratuito? Será que foi a programação cultural e todos os famosos que por ali andavam? Não. Eu ainda sou uma sonhadora e prefiro acreditar que foi mesmo a paixão do nosso povo por esse bem tão grande chamado LIVRO! É, eu sei que muitos vão me achar ingênua... Mas e daí? Gosto de ser assim! Porque gosto de acreditar, como já disse aqui inúmeras vezes, que o Brasil ainda será - muito em breve - um país de leitores! 

Mas eu já estava ciente de que seria um dia lotado na Bienal, um dia difícil de olhar os livros, de passear pelos stands. Na verdade, me surpreendeu: não achei que seria IMPOSSÍVEL fazer isso, hehe, mas de qualquer maneira, sabia que seria um dia lotado. Fui mesmo até lá para, além de ver a movimentação, participar do Encontro de Blogueiros, que se deu a partir das 15hs, em frente ao Stand da Giz Editorial. Aproveito, aliás, para já deixar o agradecimento à editora, que nos recebeu muito bem e com atenção de sobra para todos! 
Encontro de Blogueiros na 21ª Bienal Internacional do Livro SP


Eu confesso que fui mais uma espectadora do que uma blogueira mesmo. Mas sabia que muitos blogs queriam me conhecer pessoalmente, então, fui lá, dar as caras, rs! E querem saber? Não me arrependi nem por um segundo, sequer! Vocês não podem imaginar o quão organizados esses blogueiros são: camisetas, marcadores (voltei com uma coleção para casa!), cartões de visita 9estão todos guardados, viu?), crachás... Isso sem contar que o kit turista era completo: máquina fotográfica, caderno de recordações (me senti mto importante ao me pedirem para assinar, hehe), presentinhos personalizados (eu não acreditei quando vi pacotinho com meu nome!! Coisa mais linda!)... 

Alguns brindes e presentes que ganhei dos Blogueiros


Vocês todos estão de parabéns! Eu estou MUITO orgulhosa de ter entrado para este mundo, mesmo que de maneira diferente de vocês e, principalmente, por ter dado oportunidade de ajudar vocês de alguma maneira. Vocês realmente merecem isso, porque se esforçam muito para fazer um trabalho excepcional! E o melhor de tudo é que é isso mesmo que fazem! Os blogs de vocês têm sede de "quero ler mais e sempre", e ali podemos sentir o amor e o carinho que vocês têm não só pelos livros, mas pelos autores, personagens, editoras, parceiros, e tudo mais que envolve este universo!
Aos blogs que não pude encontrar, não se preocupem: oportunidades não faltarão!!
e a todos vocês, do fundo do meu coração, MUITO OBRIGADA, queridos blogueiros! O trabalho de vocês é um estímulo ao nosso! Estou encantada!

Eu e a Pri Bruaner com a equipe
queridíssima do SOBRE LIVROS




 





 

NEM TUDO SÃO FLORES...
Porém, confesso que este dia de Bienal não foi o meu favorito não, muito pelo contrário. E aqui cabem diversas críticas à CBL e ao próprio Anhembi. Além de deixar registrado, novamente, o absurdo do preço do estacionamento (R$ 25,00), a fila para o acesso ao mesmo era surreal e, em pouco tempo, estava lotado, bem como os outros adjacentes. E falando em fila, o que era a fila para conseguir o transporte até o metrô, naquele frio e vento que fazia em SP? Um absurdo!! Isso porque ainda não mencionei aqui a falta de energia elétrica (sim, a luz caiu várias vezes!) e a dificuldade a um acesso de nternet descente, mesmo que 3G.  fFra isso, qualquer copo d´água era no mínimo 30 minutos de espera, que dirá algo para comer, mesmo que pipoca. As filas nos corredores se cruzvam e se misturavam entre si, causando um caos total e bloqueando a passagem dos transeuntes. E os banheiros... bom, melhor nem comentar, mas acho que já fica totalmente implícito que era melhor segurar a vontade de fazer xixi, a ter que encarar aquelas filas de 40 minutos, para encontrar aquele lugar sujo (para não ser indelicada!). 
Atenção, pessoal!! Estamos na maior e mais importante cidade da América Latina, em pleno século XIX! Como é que isso acontece? Desculpem, mas realmente acho inadmissível! E fica a dica para as próximas edições!


OBS.: Para verem todas as fotos que tirei do evento, basta acessar o ÁLBUM DE FOTOS DO PICASSA

5 comentários :

  1. Espero muito sinceramente estar presente no próximo e concordo tb com tuas críticas ao evento. Tava impraticável, tudo. Fila pra TUDO.

    GRANDE abraço.

    ResponderExcluir
  2. Esse encontro deu mesmo o que falar... fiquei tão tristinha de não poder ir... Mas quem sabe na próxima, né?!
    E a Bienal tá fazendo o maior sucesso mesmo. Parece que surpreendeu até mesmo os otimistas com um público muito maior do que o esperado (e mais gastador também).
    E o Brasil já está se tornando um país de leitores!!!

    ResponderExcluir
  3. O encontro de blogueiros estava maravilhoso.
    Valeu cada segundo!

    ResponderExcluir
  4. Eu amei ter ido a Bienal no sábado.
    Perdi o encontro dos blogueiros por causa da fila na praça de alimentação. =/

    Mas ainda assim conheci alguns. Adorei!

    E também adorei te conhecer.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Como vc mesma disse,
    todos deveriam ir a Bienal!
    Espero conseguir ir no sabado e pode te encontrar por la.
    Ve e conhecer os blogueiros de perto.
    Mas acima de tudo conhecer um pouco mais de bons livros que a feira oferece.

    ResponderExcluir