16 de mar de 2011

Vendedor de livro: um personagem essencial

Dia 14 de março é o dia do Vendedor de Livros.
Acabei não tendo tempo de postar no dia correto, mas não deixaria essa data passar em branco. Eu devo toda minha carreira a um vendedor de livros: meu pai!

Já postei aqui uma vez sobre isso em Um sonho de criança. Vale dar uma lida pra entender minha relação com o mundo editorial e como vim parar aqui. Mas, em resumo, meu pai, Ivo Camargo, trabalha no mercado de vendas de livros há mais de 35 anos. E foi assim, convivendo nesse dia dia editorial, que acabei querendo ser editora.

Mas fora minha relação pessoal com os vendedores de livros, vale prestar minha homenagem aqui a este profissional que faz todo o nosso trabalho valer a pena! É ele quem leva cada um dos livros que produzimos com tanto carinho às pratileiras das livrarias e às páginas dos sites.

O trabalho de um vendedor de livros é algo interessante. Para quem acha que as livrarias simplesmente ligam para as editoras e fazem seus pedidos, errou! O vendedor de livros é um personagem essesncial, que faz essa ponte e cria relações de amizade e harmonia entre os editores e os livreiros. O vendedor de livros é aquela figura que circula, que apresenta o material e que convence o comprador intermediário que vale a pena investir naquele livro que vocês, leitores, vão adorar ler.
É a habilidade e a lábia de um bom vendedor de livros, que faz o nome da editora aparecer nas listas de mais vendidos ou que ganha destaque no público e nas livrarias.

O processo de venda por consignação, notas fiscais, devolução de mercadoria... A verdade é que se não fossem os vendedores de livros, não haveria comercialização deste bem que nos é tão precioso.

O mercado editorial e livreiro deve muito, muito mesmo aos vendedores de livros, que da maneira mais primária da profissão (batendo de porta em porta), faz com que as livrarias vendam muito e que o trabalho das editoras (e editores) seja devidamente reconhecido e prestigiado!



Portanto, deixo aqui, do fundo do meu coração, o meu MUITO OBRIGADA aos vendedores de livros, que têm todo meu respeito e admiração!

Nenhum comentário :

Postar um comentário